Alexander Peya, parceiro de Bruno Soares, sofreu uma distensão muscular ainda na semifinal do US Open, o que foi determinante para o desempenho na final deste domingo (8), perdida em dois sets (6-1 e 6-3) para o indiano Leander Paes e o tcheco Radek Stepanek. Porém, para o brasileiro, devido à excelente temporada que vem tendo, o resultado ainda é muito bom.

“Estamos extremamente felizes com a nossa temporada e com essas duas semanas aqui. Foi nossa primeira final de Grand Slam, estamos em segundo na corrida dos campeões e subi para terceiro do mundo. Muita coisa está acontecendo e bola pra frente”, salientou Soares.

O tenista igualou a marca de Marcello Melo, que teve o melhor de um duplista brasileiro em um Grand Slam, quando foi vice-campeão em Wimbledon, também este ano.

“Infelizmente não foi o que a gente esperava por conta dessa fatalidade na semifinal. O Alex (Peya) sofreu uma distensão no músculo, tentou tratar e ver como estaria hoje, mas não melhorou muito e piorou no segundo set. Espero que não seja tão grave assim e que ele consiga tratar logo”, lembrou o atleta mineiro.

Bruno Soares, porém, não jogará em breve com o amigo austríaco, que terá um tempo para se tratar. O atleta agora se reúne com a delegação brasileira na Copa Davis, e viajará nesta segunda-feira (9) para a Alemanha, onde enfrentará os donos da casa.

Desempenho de Bruno Soares e Alexander Peya no US Open:

Primeiro round: vitória sobre James Blake (EUA)/Jack Sock (EUA) por 2 a 1 (4/6, 6/2 e 6/2)
Segundo round: vitória sobre Christopher Kas (ALE)/Oliver Marach por 2 a 0 (6/3 e 6/2)
Terceiro Round: vitória sobre Pablo Cuevas (URU)/Horacio Zeballos (ARG) por 2 a 0 (6/3 e 7/6)
Quartas-de-final: vitória sobre Jamie Murray (ING)/John Peers (AUS) por 2 a 1 (6/4, 6/7 e 6/4)
Semifinal: vitória sobre Marcelo Melo (BRA)/Ivan Dodig (CRO) por 2 a 0 (7/5 e 6/4)
Final: derrota para Leander Paes (IND) e Radek Stepanek (TCH) por 2 a 0 (1/6 e 3/6)

Trajetória de Bruno Soares nos eventos ATP de 2013:

ATP 250 de Auckland: campeão, ao lado de Colin Fleming (ING)
Australian Open: chegou à segunda rodada, ao lado de Alexander Peya (AUT)
ATP 250 de São Paulo: campeão, ao lado de Alexander Peya (AUT)
ATP 500 de Memphis: chegou às semifinais, ao lado de Alexander Peya (AUT)
ATP 500 de Acapulco: chegou às semifinais, ao lado de Alexander Peya (AUT)
Masters 1000 de Indian Wells: chegou às semifinais, ao lado de Alexander Peya (AUT)
Masters 1000 de Miami: eliminado na primeira rodada, ao lado de Alexander Peya (AUT)
Masters 1000 de Monte Carlo: chegou à segunda rodada, ao lado de Alexander Peya (AUT)
ATP 500 de Barcelona: campeão, ao lado de Alexander Peya (AUT)
ATP 250 de Munique: chegou às quartas-de-final, ao lado de Alexander Peya (AUT)
Masters 1000 de Madrid: vice-campeão, ao lado de Alexander Peya (AUT)
Masters 1000 de Roma: chegou às oitavas-de-final, ao lado de Alexander Peya (AUT)
Grand Slam de Roland Garros chegou às semifinais, ao lado de Alexander Peya (AUT)
ATP 250 de Queens: vice-campeão, ao lado de Alexander Peya (AUT)
ATP 250 de Eastbourne: campeão, ao lado de Alexander Peya (AUT)
Grand Slam de Wimbledon: vice-campeão (duplas mistas), ao lado de Lisa Raymond (EUA)
ATP 500 de Hamburgo: vice-campeão, ao lado de Alexander Peya (AUT)
ATP 500 de Washington: chegou às oitavas-de-final, ao lado de Alexander Peya (AUT)
Masters 1000 de Montreal: campeão, ao lado de Alexander Peya (AUT)
US Open: vice-campeão, ao lado de Alexander Peya (AUT)

Sem mais artigos