O Tottenham confirmou nesta terça-feira (27) a contratação do técnico argentino Mauricio Pochettino, que estava no Southampton e assinou um contrato de cinco temporadas.

“Acho que temos em Mauricio um treinador que, graças a sua enorme energia e seu futebol de ataque, implantará o estilo de jogo que associamos a nosso clube”, afirmou em comunicado o presidente dos Spurs, Daniel Levy.

Pochettino, de 42 anos, deixa o Southampton após 18 meses no St Mary’s Stadium. O fato de ter levado a modesta equipe à oitava posição do Campeonato Inglês chamou a atenção dos dirigentes do Tottenham, que vinha sendo comandado por Tim Sherwood desde a saída de André Villas-Boas, em janeiro.

O argentino chegará a Londres acompanhado da comissão técnica com a qual já trabalhou no Southampton e no Espanyol, onde trabalhou de 2009 a 2012, depois de ter pendurado as chuteiras como zagueiro.

“É um clube com uma história e um prestígio tremendos. Me sinto honrado por me darem a oportunidade de ser seu treinador. Há talentos de primeira classe em abundância no elenco, e estou ansioso para começar a trabalhar com eles”, declarou Pochettino.

O argentino recebeu vários elogios por seu trabalho nesta temporada, depois de ter transformado o clube do sul da Inglaterra, que estava na segunda divisão há duas temporadas, na equipe revelação da Premier League no primeiro turno.

Sob o comando do ex-defensor, o Southampton chegou a ocupar a terceira posição em novembro, à frente inclusive do Manchester City, que viria a ficar com o título.

Tim Sherwood tinha contrato até o final da próxima temporada, mas o sexto lugar no Inglês não foi suficiente para agradar a direção dos Spurs, que preferiram a troca no comando.

Após boa campanha no Southampton, Pochettino é o novo técnico do Tottenham

Sem mais artigos