O atacante Mario Balotelli encerrou os boatos da imprensa europeia que apontavam uma provável saída do Milan. Segundo o próprio, seu pensamento principal é chegar bem na Copa do Mundo no meio do ano e uma mudança de clube não seria nada bom. As declarações foram dadas é revista italiana Chi.

“Vou ficar no Milan. Tenho de preparar-me para a Copa do Mundo e, por isso, a melhor opção é continuar no clube e em Milão”, frisou.

Chi é uma publicação voltada mais às celebridades e suas vidas pessoais. Sendo assim, seu relacionamento com a namorada Fanny Neguesha também veio à tona. Segundo Balo, a modelo belga não é muito fácil de lidar.

“É uma mulher exigente e difícil, mas quando estou com ela sinto-me tranquilo”, contou.

Em declarações ao jornal italiano La Gazzetta dello Sport, o diretor do clube, Adriano Galliani, reiterou a afirmativa do atacante: “Balotelli permanece 101% em janeiro

Reforço da Ásia

Ainda no Milan, hoje o clube apresentou seu novo camisa 10, número vago desde a saíde de Kevin-Prince Boateng para o Schalke 04. O japonês Keisuke Honda vem do CSKA Moscou para reforçar o já bom ataque rossonero, que ainda conta com Kaká, Robinho e El-Sharaawy.

 

Destaque de sua seleção, o atleta é o primeiro japonês a vestir a camisa do time milanês. Segundo Honda, é um sonho jogar no San Siro.

“Estou feliz por estar aqui, muito animado. Estou pronto para jogar, pois dormi bem no avião. Penso que posso dar algo a mais para o time. É um sonho se tornando realidade. O Milan sempre foi uma lenda para mim, sigo o clube desde minha infância”, declarou.

Sem mais artigos