Refundado após ter decretado falência, o Rangers disputará a quarta e última divisão do Campeonato Escocês, após rejeição de 25 das 30 equipes da liga de futebol do país para que o clube disputasse em algum nível acima.

Os adversários aceitaram o ingresso do Rangers como membro associado a liga do país, ele “terá que começar a temporada 2012-2013 na última divisão”, aponta comunicado.

O Rangers foi comprado recentemente pelo empresário Charles Green, após ter vivido crise econômica por conta de dívida de 21 milhões de libras (mais de R$ 66 milhões) com o fisco britânico. A falência foi decretada em junho, apesar da oferta de compra feita por Green.

Após a aquisição da equipe, por 5,5 milhões de libras (mais de R$ 17 milhões), mas se viu obrigado a fundá-lo como uma nova companhia, batizada como “The Rangers Football Clube”.

No dia 18 de junho, foi anunciado o calendário do Campeonato Escocês para a próxima temporada, no qual o Rangers não aparecia entre as equipes participantes.

Na quarta divisão, o maior campeão escocês, com 54 conquistas, vai terá nove adversários na briga pelo acesso, entre eles, algumas equipes semi-profissionais. Apenas o campeão sobe direto, enquanto as três equipes que aparecem em seguida disputam playoffs com mais uma equipe da terceira divisão, por mais uma vaga.

Em termos de tradição, o rival mais expressivo é o Clyde, três vezes terceiro colocado no Campeonato Escocês (1908-09, 1911-12 e 1966-67), apenas o nono colocado na última edição da quarta divisão.

Sem mais artigos