Nesta segunda-feira (12), a ATP – Associação dos Tenistas Profissionais – divulgou o seu mais novo ranking. Nele, confirma-se a quarta posição de Bruno Soares que, ao lado do austríaco Alexander Peya, conquistou nesse domingo (11) o seu primeiro Masters 1000 da carreira, em Montreal, e chegou à quarta posição na lista, igualando Cássio Mota que, em 1983, atingiu o mesmo patamar.

Para aumentar o feito, o Brasil não vencia um torneio desta magnitude desde Gustavo Kuerten, que venceu em Cincinatti, nos Estados Unidos, em 2001.

“Estou vivendo um momento muito especial em minha carreira. Foi meu primeiro título no Masters, o que é uma consequência da nossa fase e do nosso trabalho, e esse novo ranking vem apenas coroar este momento único da minha carreira”, comemora o mineiro, segundo informações de sua assessoria de imprensa.

Cincinatti é também a próxima parada de Bruno, que enfrentará – novamente com Peya – a dupla formada por Max Mirnyi (BLR) e Horia Tecau (ROM) na segunda rodada.

O atleta está virtualmente classificado para o ATP Finals, que acontece no final do ano, e reúne os oito melhores classificados no ranking mundial. Em Montreal, levantou seu quinto troféu em 2013.

No ranking geral de duplas, Bruno, ao lado de Peya, está na segunda posição, atrás dos irmãos Bob e Mike Bryan, dos Estados Unidos.

Ranking geral de duplas da ATP:
1. Bob Bryan (EUA) / Mike Bryan (EUA) – 10.985 pontos
2. Bruno Soares (BRA) / Alexander Peya (AUT) – 4.805
3. Marcel Granollers (ESP) / Marc Lopez (ESP) – 2.570
4. Mariusz Fyrstenberg (POL) / Marcin Matkowski (POL) – 2.360
5. Aisam-Ul-Haq (PAQ) / Jean-Julien Rojer (HOL) – 2.335
6. David Marrero (ESP) / Fernando Verdasco (ESP) – 2.205
7. Julien Benneteau (FRA) / Nenad Zimonjic (SER) – 2.130
8. Marcelo Melo (BRA) / Ivan Dodig (CRO) – 1.965
9. Max Mirnyi (BLR) / Horia Tecau (ROM) – 1.880
10. Robert Lindstedt (SUE) / Daniel Nestor (CAN) – 1.695

Ranking individual de duplas da ATP:
1. Bob Bryan (EUA) – 13.640
2. Mike Bryan (EUA) – 13.640
3. Alexander Peya (AUT) – 6.040
4. Bruno Soares (BRA) – 5.880
5. Rohan Bopanna (IND) – 5.380
6. Mahesh Bhupathi (IND) – 5.180
7. Marc Lopez (ESP) – 4.860
8. Marcel Granollers (ESP) – 4.860
9. Radek Stepanek (TCH) – 4.790
10. Leander Paes (IND) – 4.3601
15. Marcelo Melo (BRA) – 4.010

Sem mais artigos