Ex-jogador do Milan, Chelsea e da seleção ucraniana, Andriy Shevchenko poderá assumir um novo cargo no futebol nos próximos dias. Convidado pelo presidente da Federação de Futebol da Ucrânia, Anatoli Konkov, para ser o novo técnico da equipe nacional por conta da sua experiência e juventude, o craque deverá responder a solicitação nos próximos dias.

“Shevchenko jogou em grandes clubes como o Dínamo de Kiev, Milan e Chelsea, sob a direção técnica dos lendários Valery Lobanovsky, Carlo Ancelotti e José Mourinho”, disse Konkov, que compara o mais novo aposentado a Pep Guardiola, ex-treinador do Barcelona.

“Ele tem uma oportunidade única de praticar os seus métodos, conhecimento e talento”, disse. “Estou certo de que Shevchenko também é capaz de alcançar grandes coisas como treinador da seleção. Ele tem bastante experiência e caráter para ter sucesso. A Federação irá fornecer tudo o que ele precisa para ajudá-lo a fazer o seu trabalho”, completou o presidente da entidade.

Atualmente com 36 anos de idade, Shevchenko anunciou sua aposentadoria dos gramados após disputar a Eurocopa de 2012, na Ucrânia e na Polônia. 

Sem mais artigos