A lesão sofrida pelo meia inglês David Beckham, do Milan, na partida do último domingo, na partida diante do Chievo, praticamente acabou com as chances do jogador de disputar a Copa do Mundo deste ano, na África do Sul.

O rompimento do tendão de Aquiles deixará o jogador sem realizar atividades físicas por um bom tempo. Apesar dos médicos acreditarem que ainda existe uma chances do meia ir à Copa, a situação de Beckham é bastante deliciada.

O brasileiro Filipe Luis, lateral esquerdo do Deportivo La Coruña, foi outro atleta que pela mesma situação recentemente, ao fraturar o perônio com luxação do tornozelo direito em uma partida do Campeonato Espanhol.

Assim como Beckham e Filipe Luis, outros jogadores se machucaram restando poucos meses para a Copa do Mundo e acabaram fora do Mundial. Confira:

Djibril Cissé: o atacante Djibril Cissé, foi convocado para a Copa do Mundo de 2006, porém foi cortado da lista devido à uma grave contusão. Ele fraturou a perna direita em um amistoso – cinco dias antes da estreia na Copa – entre França e China, logo aos 10 minutos do primeiro tempo. Cissé disputaria seu primeiro Mundial e a vaga dele agora será ocupada por Trezeguet.

Edmílson: o volante brasileiro foi cortado da Copa do Mundo na Alemanha devido a uma ruptura da parte lateral do menisco do joelho direito. Edmílson já havia sido campeão do mundo em 2002. Em seu lugar entrou Mineiro, que na época jogava no São Paulo.

Santiago Cañizares: na época o goleiro jogava no Valencia, da Espanha, e derrubou um vidro de perfume em seu pé quando estava no quarto de hotel, hospedado junto com a seleção espanhola. Dessa forma, ele foi cortado da Copa de 2002 e seu lugar foi ocupado por Iker Casillas, do Real Madrid.

Emerson: uma contusão no ombro tirou o volante Emerson da Copa de 2002. Ele, que seria o capitão da seleção de Felipão, foi jogar no gol e acabou se contundindo.

Juninho Paulista: o meia, que defendia o Atlético de Madri, sofreu uma fratura no tornozelo esquerdo ao ser atingido por Michel Salgado, que jogava no Celta de Vigo.

Romário: cortado da Copa do Mundo de 1998 por problema muscular, o atacante se contundiu em uma partida contra o Friburguense. Apesar de Romário dizer que já estava recuperado, ele foi substituído por Émerson. Ele foi campeão em 1994.

Careca: na época centroavante do Guarani, ele sofreu uma distensão do músculo adutor da coxa esquerda em um treinamento e ficou de fora da Copa de 82, na Espanha. Em seu lugar entrou Roberto Dinamite.

Sem mais artigos