Papiss Cissé, atacante senegalês do Newcastle United, não se
apresentou para a pré-temporada do clube, que está fazendo um tour pela Europa.
Isso porque o atleta é muçulmano, e sua religião não permite a propaganda de
empresas que ganhem dinheiro com empréstimos, caso da patrocinadora dos Toons, a Wonga.
A notícia é do site do jornal inglês The Sun desta quarta-feira (17).

Não querendo usar a camisa com o logo, os representantes de Cissé
entraram em contato com pessoas do clube para que criassem uma camisa lisa, sem
a marca, para que ele a utilizasse, ou com o logotipo de alguma instituição de
caridade no lugar.

A Associações dos Jogadores Profissionais da Inglaterra já
entrou na discussão e, enquanto as coisas são resolvidas, o atacante continuou
em sua casa e não viajou a Portugal, onde o time enfrentará o Rio Ave e o Paços
de Ferreira
, em amistosos.

Por enquanto, o Newcastle United permanece inflexível ao
pedido de Cissé, e o técnico Alan Pardew ainda espera contar com o artilheiro
para o restante da preparação da temporada 2013/2014.

Sem mais artigos