Famoso por se envolver em diversas polêmicas tanto dentro como fora de campo, o atacante Jobson, do São Caetano, foi preso na madrugada desta terça-feira (12) e levado à Delegacia Sede de São Caetano do Sul, no ABC Paulista, por uma suposta agressão a sua esposa, Thayne Bárbara.

Os dois prestarão depoimento na manhã desta terça e, segundo informações divulgadas pela Rádio CBN, o jogador tinha chegado em sua casa acompanhado de dois amigos com uma atitude bastante agressiva. Ele teria, inclusive, jogado a mulher na cama e puxado o cabelo dela.

Já de acordo com a Guarda Civil Municipal (GCM) de São Caetano, a mulher do atleta contou que foi agredida pelo atacante durante uma discussão e buscou refúgio em um dos cômodos da residência do casal. Jobson foi parar no Hospital Municipal de Emergências Albert Sabin após cortar o pulso ao esmurrar a porta do cômodo, que teria tentado invadir depois de ofendê-la.

Aos 25 anos, Jobson, que coleciona passagens relâmpagos por diversos clubes do futebol brasileiro, como Botafogo, Barueri e Bahia, foi acusado em 2009 de uso de cocaína por um exame antidoping e acabou um tempo afastado do futebol.

Ainda não se sabe se o jogador ficará detido por conta do ocorrido ou se será liberado para responder em liberdade.

Sem mais artigos