A diretoria do Atlético-MG decidiu terminar o contrato com o meia Danilinho, que estava emprestado pelo Tigres até o fim do ano, depois do jogador faltar dois dias seguidos aos treinamentos na Cidade do Galo.

O meia, que vinha sendo opção de banco para o técnico Cuca, não apareceu para treinar na manhã deste sábado (13) e faltou aos treinamentos de sexta-feira sem dar explicações à comissão técnica. 

O empréstimo de Danilinho custou cerca de R$ 1,8 milhões ao Atlético-MG, que ainda tinha opção de compra do jogador.

Atlético-MG rescinde contrato com Danilinho após nova ausência em treinamento

Sem mais artigos