Monitorando passo a passo as obras de reforma da Arena da Baixada, palco de quatro jogos da Copa do Mundo de 2014, o Atlético-PR divugou na noite da última terça-feira (13), em seu site oficial, novas fotos atualizadas de como está ficando o estádio de Curitiba para o mundial de seleções no ano que vem. Apesar dos lances de arquibancadas inferior e superior já estarem concluídos, o atraso nas obras do local já causam preocupação.

Dos seis estádios que ainda não estão prontoas para a Copa, a Arena da Baixada é o que está com o cronograma de execução das obras mais atrasado. Com 72% de conclusão, o palco paranaense está atrás, por exemplo, da Arena da Amazônia, em Manaus, e da Arena das Dunas, em Natal, atingiram 74% e 78% de conclusão, respectivamente.

Segundo a CAP S/A, sociedade de propósito específico para gerenciar as obras, os atrasos se devem a problemas com a liberação da terceira parcela do financiamento do BNDES, suspenso pelo Tribunal de Contas do Paraná (TCE-PR) por existir três valores distintos. Além disso, o Atlético-PR ainda apresentou um quarto valor, de aproximadamente R$270 milhões, maior que todos os demais.

Os repasses só devem acontecer depois que os órgãos chegarem a um consenso sobre o orçamento real da obra.

Parte estrutural

Com a estrutura do estádio já pronta, os operários iniciam a montagem das vigas de sustentação da nova cobertura da Arena da Baixada. Algumas peças já estão sendo montadas na reta do Setor Brasílio Itiberê, onde fica o novo lance de arquibancadas que a arena não possuia no projeto inicial.

Outros locais, como área de circulação de público nas arquibancadas superiores, para peito das novas arquibancadas, montagem da estrutura para conclusão da fachada e setor de imprensa também estão em fase avançadas de conclusão.

Com a reforma completa, o novo estádio terá capacidade para 43.981 torcedores. A previsão do clube e também da construtora responsável pela obra é que a Arena da Baixada fique pronta até dezembro.

Sem mais artigos