O ex-atacante uruguaio Carlos Ariel Borges, autor do primeiro gol da história da Taça Libertadores, em 1960, morreu nesta quarta-feira (05) em Montevidéu aos 82 anos, informaram fontes do Peñarol, clube defendido pelo ex-jogador durante quase toda a carreira.

Em 19 de abril de 1960, ‘Lucho’ Borges, como era conhecido, marcou o primeiro gol do Peñarol na goleada sobre o Jorge Wilstermann por 7 a 1, partida de abertura da primeira edição do torneio continental, vencida pelo clube uruguaio.

O ex-atacante defendeu os carboneros de 1946 a 1960 e foi campeão nacional sete vezes. Depois de uma rápida passagem pelo Racing, também do Uruguai, voltou ao clube para encerrar a carreira. Pela seleção, disputou a Copa do Mundo de 1954 e foi campeão da Copa América dois anos depois.

Sem mais artigos