Fã de diversas modalidades esportivas, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, estará de olho na Copa do Mundo de 2014 não apenas para acompanhar a seleção de seu país, mas também para acompanhar um vizinho bem próximo: o México. Após perder duas caixas de cerveja para o premiê canadense Stephen Harper durante os Jogos de Inverno de Sochi depois da derrota da equipe norte-americana de hóquei, o político parece ter gostado da brincadeira e fará uma nova aposta, só que desta vez no Brasil.

Em entrevista à rede Univisón TDN, Obama revelou esta semana que gostou da brincadeira de apostas esportivas e irá colocar em jogo uma garrafa de tequila caso os Estados Unidos enfrente e vença do México na Copa do Mundo do Brasil.

“Acho que temos que apostar se nós pegarmos o México na Copa. Eu apostaria uma tequila”, disse o chefe de estado norte-americano (veja abaixo o Twitter da aposta com os canadenses), colocando o atual presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, na berlinda.

Porém, para que a aposta de Obama aconteça, tanto os Estados Unidos quanto o México terão que chegar muito longe no Mundial. Alocado no Grupo G, ao lado de Alemanha, Portugal e Gana, os norte-americanos, assim como os mexicanos, que estão no Grupo A, ao lado de Brasil, Camarões e Croácia, terão que ir até as semifinais da Copa para o confronto rolar.

Sem mais artigos