Querido pela torcida e comissão técnica do Paris Saint-Germain, que querem a sua permanência na equipe, o astro David Beckham revelou em matéria divulgada pelo site inglês Daily Mail nesta quinta-feira (04) que ainda vai ver o que fará na carreira, não dando certeza se continuará no time comandado por Carlo Ancelotti.

Beckham, que jogou boa parte do jogo (70 minutos) da última terça-feira (02), contra o Barcelona, na Liga dos Campeões, terminado em 2 a 2, vê a idade de 37 anos pesar na decisão.

“Veremos. Falei com os diretores e com o técnico. Sei o quão felizes eles estão comigo e eles sabem como estou feliz por estar aqui”, disse o inglês, que depois apresentou sua contrapartida: “Mas não estou ficando mais jovem, então vou aproveitar o resto da temporada e então vamos conversar”.

A performance do atleta na decisiva partida do meio de semana não pareceu de um jogador em vias da aposentadoria e que recebeu boas críticas dos veículos de imprensa europeia.

Após o gol decisivo no fim do jogo, o volante Blaise Matuidi estará suspenso para o jogo de volta, no Camp Nou, quarta-feira (10), dando uma chance ainda maior a David Beckham de mostrar um bom jogo, justamente no estádio em que sagrou-se campeão europeu em 1999, quando estava no Manchester United.

“Se eu começar (jogando), ótimo. Se não, e entrar durante a partida, tentarei criar algo de impacto. É sempre bom no Camp Nou. É ainda melhor quando você vence por lá. Quando ganhei a Liga dos Campeões (em 1999) não foi contra o Barcelona (o adversário foi o Bayern de Munique), mas esta é a minha melhor memória de jogar por lá”, contou, lembrando também de sua passagem pelo Real Madrid, quando visitou o mesmo campo e venceu os catalães em certa oportunidade.

Apesar do papel de impacto na mídia e também nas quatro linhas, o inglês completará 38 anos no mês que vem, e revelou que o seu treino não mudou com o passar dos anos.

“Na minha idade, geralmente você muda as coisas. Mas ainda estou treinando igual aos outros jogadores e o resto do time, trabalhando tão duro como ele e não querendo ser tratado de forma diferente, mesmo na minha idade”, resumiu.

 

 

Sem mais artigos