Thomaz Bellucci foi eliminado nesta segunda-feira do Masters 1000 de Miami, nos Estados Unidos, ao perder para o italiano Andreas Seppi, cabeça de chave número 16 da competição.

O brasileiro foi derrotado por 2 sets a 1, com parciais de 7-5, 4-6 e 6-2, em duas horas e quatro minutos de partida. Agora, Seppi encarará o vencedor do duelo entre o britânico Andy Murray e o búlgaro Grigor Dimitrov, nas oitavas de final.

A partida foi em sua maior parte muito equilibrada, mas ainda no início Bellucci teve chance de deslanchar, quando quebrou o serviço do italiano no quinto game. Seppi, no entanto, devolveu a quebra no game seguinte. Depois, o jogo seguiu equilibrado, com os dois tenistas tendo bom aproveitamento no saque. No 12º game, o brasileiro voltou a ter seu serviço quebrado e perdeu o set por 7-5.

A derrota na primeira parcial não tirou a concentração de Bellucci, que seguiu fazendo um duelo duro contra o italiano. Ao vencer o quarto game, empatando o set em 2-2, tendo salvo dois break points e encaixando três aces, o número 1 do Brasil deslanchou.

No sétimo game, veio a quebra, sem sofrer qualquer ponto, que colocou Bellucci na frente, em 4-3. A partir daí, os dois tenistas trocaram serviços até que o brasileiro conseguisse fechar em 6-4, levando a decisão da partida para o terceiro set.

O italiano aparentou sentir a derrota na parcial anterior e por pouco não foi derrotado logo no primeiro game, precisando salvar dois break points para vencer. Dessa vez foi Seppi ganhou moral, e depois de uma troca de serviços, conseguiu quebrar o saque de Bellucci no quarto game, fazendo 3-1.

No fim do jogo, aparentando estar desmotivado, Bellucci não conseguiu segurar o adversário, e voltou a ter seu serviço quebrado no oitavo game, que acabou sendo o último da partida, sendo derrotado em 6-2.

Bellucci não resiste a boa atuação de Andreas Seppi e cai em Miami

Sem mais artigos