Em um clássico marcado por homenagens ao ídolo Eusébio, que morreu há uma semana, e por polêmicas com a bola rolando, o Benfica venceu o Porto por 2 a 0 no último domingo (12), no Estádio da Luz, e assumiu a liderança do Campeonato Português após 15 rodadas.

Ao final do primeiro turno, a equipe de Lisboa soma 36 pontos, dois a mais que outro rival, o Sporting, que no sábado (11) ficou no 0 a 0 na visita ao Estoril e por isso caiu para o segundo lugar. Já o Porto parou nos 33 e ocupa a terceira posição.

Eusébio, que morreu no último dia 5 vítima de uma parada cardiorrespiratória, foi o protagonista do clássico antes do pontapé inicial e depois do apito final. O ‘Pantera Negra’ foi homenageado com um minuto de silêncio, vários cartazes de torcedores e um vídeo com imagens suas ao som da música “It’s a Wonderful World”, do americano Louis Armstrong.

O tempo de homenagens, no entanto, acabou assim que a bola rolou e o Porto se mostrou pouco disposto a participar delas. Com a liderança isolada em jogo depois do tropeço do Sporting, o clássico foi vibrante, emocionante e polêmico.

Porém, empurrado pela torcida, o Benfica fez 1 a 0 aos 13 minutos do primeiro tempo. Markovic fez boa jogada individual, arrancando desde o meio de campo, e serviu Rodrigo. O brasileiro naturalizado espanhol, filho do ex-jogador Adalberto, bateu colocado e abriu o placar.

Na etapa final, aos oito minutos, o árbitro deixou de dar um pênalti de Mangala, que cortou a bola com a mão. Contudo, Enzo Pérez aproveito a cobrança de escanteio e cruzou na medida para Garay cabecear para a rede.

A vida do Porto ficou ainda mais difícil aos 30, quando Danilo perdeu dividida com Garay na área adversária e pediu pênalti. A arbitragem considerou que o lateral brasileiro simulou e o expulsou com o segundo cartão amarelo.

Além de Hélton e Danilo, o time visitante contou com mais três brasileiros, o também lateral Alex Sandro, o volante Fernando e o meia Carlos Eduardo. Já o Benfica teve o zagueiro Luisão, o lateral Guilherme Siqueira e o atacante Lima entre os titulares e o também zagueiro Jardel entrando no segundo tempo.

Sem mais artigos