Carlos Bianchi, Alejandro Sabella e Diego Simeone aparecem como os três principais candidatos a ocupar a vaga deixada ontem por Diego Maradona de técnico da seleção argentina, de acordo com informações divulgadas hoje pela imprensa esportiva local.

Apesar de a Associação do Futebol Argentino (AFA) ter dito que não está em sua “agenda prioritária” escolher o novo treinador, no mundo futebolístico se comenta que Sabella, atual técnico do Estudiantes de La Plata, é o primeiro nome em pauta.

O vice-presidente do Estudiantes, Marcelo Malaspina, assegurou hoje que o clube “não colocará obstáculos” se o líder da AFA, Julio Grondona, iniciar conversas pelo técnico.

“A AFA não nos procurou por Sabella, mas Alejandro tem uma cláusula para sair do clube se for chamado por times do exterior ou pela seleção argentina”, esclareceu o dirigente.

Ao mencionar Bianchi, um setor da imprensa afirmou que o técnico multicampeão com o Boca Juniors “agora estaria” disposto a comandar a seleção, após ter recusado alguns convites da Associação.

Simeone, que não trabalha desde sua saída do San Lorenzo, em abril deste ano, “convence por seu trabalho, mas não por sua alta exposição midiática”, segundo os meios de comunicação, que inclusive até menciona os nomes de Miguel Russo, Ramón Díaz e Claudio Borghi, técnicos de Racing, San Lorenzo e Boca Juniors, respectivamente.

Sergio Batista, que dirigirá a seleção argentina no amistoso contra a Irlanda, no próximo dia 11, disse que estaria disposto a aceitar o cargo se a AFA fizesse uma proposta.

“Tenho de estar à disposição porque sou um homem da casa e gosto de desafios. A princípio, sou interino para esse jogo (amistoso), mas se depois o trabalho for satisfatório, teremos de sentar e conversar”, comentou.

Técnico das seleções de base da Argentina, Batista opinou dizendo que Maradona “fez o óbvio” ao não aceitar que a AFA quisesse mudar seus colaboradores e disse que “não se deve ter pressa” para escolher o sucessor de ‘Dieguito’.

Bianchi, Sabella e Simeone são os favoritos para suceder Maradona

Sem mais artigos
Sair da versão mobile