Duas das principais estrelas da NBA acertaram renovação de contrato com suas equipes: o ala-pivô Blake Griffin ficará mais cinco anos no Los Angeles Clippers e o pivô Tim Duncan seguirá mais três temporadas no San Antonio Spurs.

Segundo fontes ligadas à NBA, Griffin assinou extensão de contrato que pode lhe render US$ 95 milhões (mais de R$ 192 milhões), dependendo do seu desempenho individual, incluindo participação no All-Star Game.

A extensão do contrato do atleta só entrará em vigor na próxima temporada. E o jogador terá a opção de deixar a equipe no último ano do novo contrato. O atleta, de 23 anos, já afirmou que seu objetivo é conquistar um título da NBA com os Clippers.

O San Antonio Spurs, por sua vez, pagará US$ 36 milhões (mais de R$ 73 milhões) para manter Tim Duncan por mais três temporadas. Contudo, o contrato foi feito com uma cláusula de “não transferência”, além da possibilidade do atleta não jogar a terceira temporada.

Os termos do acordo de Duncan foram os mesmos que o Boston Celtics ofereceu ao ala-pivô Kevin Garnett, na temporada passada.

O astro dos Spurs, duas vezes MVP (jogador mais valioso) da NBA, alcançou na última temporada média de 15,4 pontos e 9 rebotes. Desde que foi escolhido no draft pela equipe, Duncan disputou 1.111 jogos.

O acordo com o ala-pivô vem pouco dois da renovação do ala-armador Danny Green e do pivô francês Boris Diaw, que permanecerão no San Antonio por três e dois anos, respectivamente.

Sem mais artigos