O pugilista brasileiro Jefferon Gonçalo está em coma induzido após a luta com Ismael Bueno, no sábado (2). O atleta teve de passar por uma cirurgia de cinco horas após o combate.

Segundo a Liga Paulista de Boxe Profissional, Gonçalo teve de retirar partes do seu cérebro e ficará com o lado esquerdo do seu corpo paralisado.

A luta, que aconteceu em Salto, seguia normal até o quarto assalto, quando Gonçalo demonstrou certo cansaço, mas continuou na luta mesmo após receber o conselho de desistir do combate.

No entanto, o lutador acabou desmaiando. Jefferson Gonçalo sofreu uma ruptura em um vaso sanguíneo do pescoço, responsável pela oxigenação do cérebro. Agora, a maior preocupação dos médicos é evitar com que o atleta sofre com alguma infecção. Os responsáveis pelo boxeador no hospital ainda não sabem se ele terá mais sequelas.

Sem mais artigos