Longe da França desde que foi acusado de ter estuprado uma mulher de 24 anos, o atacante Brandão terá que comparecer a um tribunal do país europeu para depor sobre o caso.

Atualmente no Grêmio, o jogador, segundo o jornal francês “L’Equipe”, deve ir à França em meados de outubro para falar sobre o incidente. Ele se declara inocente.

O fato ocorreu em 2 de março. Ambos estavam em uma boate e deixaram o local no carro do jogador. No caminho, em uma estrada entre Aix-en-Provence e Marselha, ele teria forçado uma relação sexual com a mulher. Ele chegou a ficar preso.

Depois disso, como uma forma de preservar sua imagem, Brandão foi emprestado pelo Olympique ao Cruzeiro, onde não se firmou, e, posteriormente, ao Grêmio.

Sem mais artigos