A seleção brasileira de basquete passou sufoco no final, mas venceu hoje a França por 79 a 66 e ficou com o segundo lugar do Torneio Internacional de Lyon, preparatório para o Mundial de modalidade, na Turquia, e vencido pela Austrália, que mais cedo bateu a Costa do Marfim, 80 a 59.

Foi a última partida das duas seleções antes da estreia na competição em território turco. No sábado, o Brasil enfrentará o Irã, pelo grupo B, enquanto a França jogará contra a atual campeã Espanha.

Com a irregularidade que lhe vem sendo característica, a equipe comandada pelo técnico argentino Rubén Magnano começou jogando mal e foi dominada pelos donos da casa. Mesmo com formação completa, os brasileiros foram derrotados por 22 a 18 no primeiro quarto e por 22 a 21 no segundo.

O pivô Anderson Varejão foi poupado no decorrer da partida e deu lugar a Thiago Splitter, que foi fundamental para a vitória. O jogador foi o cestinha do confronto, com 19 pontos, e liderou a reação brasileira.

Com muita eficiência na defesa, a seleção segurou a França e virou o placar com um 26 a 9 no terceiro quarto, com direito a 11 a 0 logo na volta dos vestiários.

As cestas de três, que não vinham caindo nos últimos amistosos, entraram, e o Brasil venceu o quarto final por 14 a 13.

Foi a primeira vitória brasileira contra uma grande equipe na preparação para o Mundial. Antes, já havia acontecido derrotas para Argentina, Espanha e Austrália, além da própria França.

Brasil bate França e fica em segundo em torneio amistoso de basquete

Sem mais artigos
Sair da versão mobile