A seleção brasileira venceu a África do Sul por 1 a 0 em amistoso realizado nesta sexta-feira, no Morumbi. O gol foi marcado por Hulk, aos 29 minutos do segundo tempo.

Os pouco mais de 51 mil torcedores presentes ao Estádio do São Paulo viram o Brasil vencer, mesmo tendo jogado mal.

O técnico Mano Menezes foi muito vaiado no decorrer do jogo, assim como seu grupo, que foi para os vestiários, no intervalo, ouvindo muitas críticas da torcida. Uma das frases gritadas pelos brasileiros foi “Adeus, Mano”.

A próxima partida amistosa do Brasil é na segunda-feira, dia 10, no Arruda (Recife), às 22 horas, contra a China.

O JOGO

Marcado para as 15h45, o jogo começou com atraso já que houve uma confusão de camisas. O Brasil, vestindo tradicionalmente a amarelinha, teve de trocar para o uniforme azul, já que a equipe sul-africana utilizava camisas verdes com detalhes amarelos.

Logo nos minutos iniciais de partida, alguns torcedores gritaram o nome de Luis Fabiano, atacante do time do Morumbi.

O primeiro tempo foi marcado por poucas oportunidades de gols e por falta de criatividade do meio-campo brasileiro. Aos 11 minutos, de frente para o goleiro Diego Alves, Gaxa perdeu a chance de abrir o placar.

Aos 15, em cobrança de falta de Neymar, Dedé chegou livre pelo meio para cabecear e o goleiro sul-africano fez grande defesa. O atacante santista também teve sua chance, aos 42. Neymar, cara a cara com o goleiro sul-africano, chutou forte em cima do defensor. Em algumas oportunidades, o camisa 11 da seleção foi chamado de pipoqueiro pela torcida.

A segunda etapa foi marcada por mais jogadas perigosas. As duas equipes fizeram muitas alterações – eram possíveis seis. A África do Sul chutou, pelo menos, duas bolas perigosas na meta de Diego Alves.

Com o domínio do visitante no segundo tempo, Mano colocou em campo Alex Sandro, Paulinho, Jonas e Hulk. Este último sim fez diferença na equipe – além de ter marcado o único gol.

Responsável por dar mais movimentação ao ataque brasileiro, aos 29 minutos Hulk abriu o marcador. Ele cruzou para a esquerda, David Luiz recebeu em posição regular e chutou para o gol. Khune defendeu e, no rebote, o camisa 20 balançou as redes.

Hulk ainda criou outras oportunidades para o Brasil, desperdiçadas por Oscar, por exemplo. Neymar fez algumas boas jogadas e, quando substituído por Arouca, foi vaiado novamente.

Sem mais artigos