Diversão? Nada disso. Pebolim (ou totó) é tratado como esporte, tem jogos oficiais e possui até uma Copa do Mundo. E foi no último domingo que aconteceu mais uma edição do mundial da categoria em Nantes, na França.

Organizada pela ITSF (Federação Internacional de Futebol de Mesa, em inglês), o evento contou com 32 países representados e 450 atletas participantes. No masculino quem levou a melhor foram os Estados Unidos, que bateram a Dinamarca por 3 a 0 na final. O Brasil foi mal e ficou apenas na 20ª posição entre os 26 que estavam na disputa.

Já no feminino, a Áustria foi a grande campeã ao bater a Alemanha por 3 a 1. As partidas de pebolim são jogadas em duplas ou individualmente, em séries de quatro jogos. Quem marcar três pontos primeiro, vence. Para conquistar um ponto, é necessário vencer uma série melhor de três jogos, sendo que cada jogo termina em cinco gols.

Sem mais artigos