A goleada da seleção feminina de futebol em cima de Camarões por 5 a 0 na primeira rodada criou muita expetativa no torcedor brasileiro.No segundo jogo, neste sábado (28), pelo Grupo E, contra Nova Zelândia, uma partida muito abaixo do esperado.

Com muitos erros de passe e atuações apagadas de Marta e Cristiane, o Brasil não saiu do 0. Escalado com Andreia, Erika, Renata Costa, Maurine; Ester, Francielle, Formiga, Bruna; Marta, Fabiana e Cristiane, o time de Jorge Barcellos não desempenhou o mesmo futebol visto na primeira partida. As adversárias do Brasil entraram em campo com Bindon, Percival, Hoyle, Erceg, Smith, Riley, Moorwod, Hassett, Wilkinson, Hearin e Gregorius.

Há de se ressaltar a qualidade das atletas do lado oposto que apresentaram muito mais vontade de jogo do que as camaronesas. Mas, ficou só na vontade mesmo.

Durante o primeiro tempo, Cristiane teve uma oportunidade aos oito minutos, mas, marcada por três, chutou fácil para a defesa de Bindon. Três minutos depois, Formiga pressiona a saída de bola e bate por cima do gol.

Marta e Cristiane faziam não apareceram na partida. Aos 26, um susto. Gregorius recebe lançamento na entrada da área e Andreia sai do gol para impedir o domínio da neozelandesa.

Depois desse lance de perigo, o Brasil saiu mais para o jogo. Aos 43, Marta cruza no segundo poste e Formiga chuta forte. A bola, desviada, saiu em escanteio.

Em outra jogada, após cruzamento pela direita, Renata Costa aparece para cabecear, mas a goleira neozelandesa faz boa defesa. O primeiro tempo terminou sem nenhuma grande chance.

A segunda etapa começou com a Nova Zelândia tendo mais posse de bola. Aos quatro minutos, Fabiana cruza rasteiro na área e Maurine, de esquerda, chuta pra fora.

A seleção brasileira buscava o ataque, mas parava diante da forte marcação neozelandesa. Aos 19, Thaisinha briga pela bola dentro da área e a bola sobra com Marta na esquerda. A camisa 10 tenta o chute de primeira, a bola desvia na atacante – que estava caída na área – e sai em tiro de meta.

O jogo segue sem chances de perigo para nenhuma das duas equipes até que aos 40 minutos, a artilheira Cristiane marcou o único gol do Brasil. Depois da cobrança de falta da Marta e desvio da zagueira neozelandesa, Cristiane vê Bindon fora do gol e bate por cobertura, fazendo um belo gol. Depois disso, nenhuma jogada mais relevante foi praticada pelas duas equipes.

A Grã-Betanha já garantiu vaga nas quartas-de-final do torneio. E, de quebra, oficializou a classificação do Brasil para a próxima fase, também. Tudo por conta da goleada sobre Camarões, neste sábado, por 3 a 0, em Cardiff.

Com o resultado, as britânicas chegaram aos seis pontos no grupo E, mesma pontuação brasileira. Como se enfrentarão na última rodada da primeira fase, Brasil e Grã-Bretanha decidirão quem ficará com o primeiro lugar no grupo – as brasileiras têm a vantagem do empate pelo saldo de gols maior.

Sem mais artigos