A zebra já passeou logo no começo desta sexta-feira (21) no Jockey Club, na Gávea, zona sul do Rio de Janeiro, onde o brasileiro Bruno Soares e austríaco Alexander Peya, favoritos ao título do Rio Open nas duplas, foram eliminados pelos colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah nas semifinais.

Jogando pela primeira vez na quadra principal, Soares/Peya, cabeça de chave número 1 e segunda melhor dupla da atualidade, não repetiu as boas atuações tidas na quadra 1 nos dois primeiros jogos e perderam por 2 sets a 0, com parciais de 6-4 e 6-2, em 1h11min de partida.

Não foi a primeira vez que Cabal e Farah aprontaram no Rio Open. Na quinta-feira (20), eles passaram pelos espanhóis Marcel Granollers e Marc López, terceiros cabeças de chave, também com uma vitória por 2 a 0.

Na final, marcada para este sábado (22), os colombianos poderão ter pela frente outro brasileiro, Marcelo Mello, que jogando ao lado do espanhol David Marrero medirá forças com os italianos Daniele Bracciali e Fabio Fognini.

Sem mais artigos