O pugilista britânico Kell Brook, campeão do mundo pela Federação Internacional de Boxe (FIB) categoria peso meio médio, foi apunhalado esta manhã na perna em um complexo turístico do sul de Tenerife (Ilhas Canárias, Espanha) onde passava férias junto com sua esposa e filha.

Fontes da Guarda Civil em Tenerife confirmaram à Agência Efe que por volta das 6h desta manhã um cidadão britânico foi esfaqueado no complexo Golf del Sur, em San Miguel de Abona, em circunstâncias que estão sendo investigadas.

As Forças de Segurança procuram dois cidadãos britânicos como supostos autores do ataque, durante uma briga no condomínio do sul da ilha.

Fontes da Polícia confirmaram à Efe que os supostos agressores de Brook foram identificados, mas ainda não foram localizados nem detidos.

O Centro de Coordenação de Emergências do governo das Canárias relatou que os serviços de saúde atenderam um cidadão britânico de 28 anos com um corte em uma coxa.

O boxeador, que tinha perdido muito sangue, foi socorrido em uma clínica particular de Hospitén e depois levado ao Hospital de La Candelaria, em Santa Cruz de Tenerife.

A imprensa britânica, que cita como fonte o agente do pugilista, assegurou que Brook está estável e consciente.

Um porta-voz do Hospital de La Candelaria confirmou que um cidadão britânico de 28 anos permanece internado esta noite no local por causa de um ferimento de arma branca, sem revelar sua identidade nem estado.

Kell Brook se proclamou campeão do mundo da FIB na categoria peso meio médio no dia 16 de agosto em Carson (Califórnia, EUA), ao derrotar o americano Shawn Porter, na 33ª vitória consecutiva de sua carreira como profissional.

Sem mais artigos