O canadense Aaron Christopher Rathy, que ganhou a medalha de prata na prova de wakeboard dos Jogos Pan-americanos de Guadalajara, foi pego no exame antidoping, informou nesta sexta-feira a Organização Desportiva Pan-americana (Odepa).

O exame de Rathy deu positivo para a substância metilhexaneamina, um estimulante incluído na lista de substâncias proibidas da Agência Mundial Antidoping (AMA).

A Odepa informou ainda que a medalha conquistada pelo atleta, de 23 anos, foi retirada, e ficará com o brasileiro Marcelo Giardi, o Marreco, que havia faturado o bronze. O terceiro lugar oficial será herdado pelo argentino Alejo de Palma.

Sem mais artigos