O Museu Leopold de Viena resolveu polemizar na capital da Áustria. Para divulgar sua mais nova exposição, o estabelecimento espalhou 250 cartazes pela cidade. Tudo isso seria normal, exceto pelas imagens escolhidas na campanha publicitária, como a de três jogadores nus, com as partes íntimas a mostra.

De acordo com o jornal “Austrian Times”, um morador da cidade se revoltou contra os cartazes e ameaçou partir para o vandalismo caso eles não fossem retirados.

Apesar do tema da exposição, que será aberta na próxima quinta-feira (18), ser a nudez masculina, os responsáveis pelas obras resolveram esconder alguns cartazes feitos pelo museu.

O cartaz dos atletas é assinada por Pierre & Gilles e tem como nome “Vive le France”. A imagem traz três jogadores franceses, um negro, um árabe e um branco, mostrando as diversas culturas do país.

“Os homens não estão sexualmente excitado por isso pensei que não iria causar ofensa”, disse um porta-voz do museu. “Mas nós não queremos perturbar crianças ou adultos, mas ficou claro que isso é algo que as pessoas não querem ver e temos de respeitar isso”, completou.

Apesar de admitir tirar os jogadores “peladões” dos cartazes, os responsáveis pela exposição não pretendem retirar a “Mr. Big”, uma escultura gigante que também traz um homem nu à frente do estabelecimento.

Sem mais artigos