A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não começou a semana com boas notícias. Segundo o jornal “Folha de S. Paulo”, a entidade foi multada em R$ 124 mil por descumprir o Estatuto do Torcedor.

O Procon-SP realizou operações-surpresas para identificar falhas no cumprimento do estatuto. A falta de informações sobre o sorteio dos árbitros, a divulgação de regulamento e súmula de jogos foram os motivos alegados pelo órgão de defesa do consumidor para a multa.

Com isso, os bens da CBF poderão ser penhorados como garantia do pagamento da dívida. O Procon-SP já acionou a Procuradoria do Estado de São Paulo para levar o problema à Justiça.

“Em processos de cobrança como esse, é feito primeiro a penhora, para se ter uma segurança jurídica de que haverá bens ou dinheiro para se pagar a dívida”, afirmou Marcelo Aquino, procurador do Estado de São Paulo, em entrevista ao jornal.

Sem mais artigos