O São Paulo desperdiçou a chance que tinha de sair da zona de rebaixamento sem depender de outros resultados ao perder para o Criciúma por 2 a 1 na noite desta quinta-feira (5), no Morumbi. Agora, com número de jogos equiparado ao número de rodadas – 18 – o tricolor segue na antepenúltima colocação.

O goleiro e capitão Rogério Ceni perdeu novamente um pênalti (o terceiro seguido dele e o quarto consecutivo do time) e, levando dois gols no primeiro tempo, só descontou na etapa final.

Com Negueba de titular, Paulo Autuori começou a partida com três atacantes (mais Luís Fabiano e Aloísio) e Ganso no banco, com Jadson centralizado no meio de campo para armar as jogadas. Mas já aos 22 minutos, Rodrigo Caio (atuando novamente como zagueiro) cometeu uma infração dentro da área são-paulina e o juiz marcou pênalti. Marcel – que já jogou no São Paulo – bateu e abriu o placar.

Com o placara desfavorável, os mandantes pareciam nervosos e não conseguiam concluir a gol e Luís Fabiano ainda perdeu uma boa chance.

Para piorar, aos 41, Lins aumentou para os catarinenses após cruzamento na área de Marcel.

Já no segundo tempo, logo no início, quase o Leão aumenta com o mesmo Lins, mas Rogério salvou. O São Paulo conseguia criar chances, mas o Criciúma defendia muito bem a meta do goleiro Marcelo Galatto.

Então, veio o pênalti. Galatto derrubou Aloísio que já se posicionava para bater. Mas, após apelo da torcida e aval de Autuori, Ceni foi para a marca da cal, pegou mal na bola e o goleiro pulou no canto certo – o direito – e pegou o tiro.

Aloísio, sempre ele, não desistiu e parecia que só dos pés dele viria alguma esperança. Foi do Boi Bandido o gol que diminuiu o placar, aos 24 minutos.

Com mais de 20 minutos para tentar o empate, o time do Morumbi, porém, foi muito atabalhoado e só teve uma chance perto dos 40 minutos, quando Osvaldo, que entrou no lugar do inoperante Negueba, quase colocou a bola na rede em um lance de força.

O Criciúma soube se segurar bem e levou os três pontos para o interior de Santa Catarina.

Agora, o São Paulo terá parada duríssima, domingo (8), contra o Coritiba, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba. Já o Criciúma tentará a quarta vitória consecutiva sobre o vice-líder Botafogo, no Heriberto Hulse, no mesmo dia.

Sem mais artigos