O campeão olímpico César Cielo mostrou neste sábado um elevado rendimento nos Jogos Pan-Americanos, mas não na piscina, mas em uma prova na qual mostrou uma velocidade de reação de felino.

Cielo, ganhador de quatro medalhas de ouro em 50 e 100 metros estilo livre e como parte dos revezamentos 4×100 livre e 4×100 medley, realizou testes físicos e médicos patrocinados por uma bebida isotônica e deixou impressionados os pesquisadores por sua capacidade física.

“Tem a maior velocidade de reação de todos os concorrentes que passaram por aqui”, disse à Agência Efe Pedro Reinaldo García, assessor científico que esteve junto do campeão durante cerca de uma hora de testes, mas se negou a divulgar os resultados.

Vestido com uma camiseta cor laranja alusiva à bebida e com uma calça curta azul-escura, Cielo se mostrou de bom ânimo ao entrar na câmara fechada onde lhe mediram sua composição corporal e depois se submeteu a uma medição de suas habilidades motrizes, na qual devia apagar luzes que apareceram de repente e de maneira aleatória em um tabuleiro com 64 lâmpadas.

“Espero que tudo isto me ajude nos treinamentos e a melhorar minha nutrição com a meta de buscar o bicampeonato olímpico; vou embora contente de Guadalajara onde as pessoas são bonitas e me motivaram muito”, disse o nadador de 24 anos.

Campeão olímpico e recordista mundial dos 50 metros, Cielo é um dos três desportistas de maior nível entre os mais de 6.000 que competem nos pan-americanos de Guadalajara, mas neste sábado surpreendeu os fãs desacostumados a vê-lo fora da piscina.

Como parte do teste, pouco após terminar a competição de rota do ciclismo, Cielo subiu em uma bicicleta fixa e pedalou por volta de meia hora, parte desse tempo com um tubo plástico na boca, com o qual pareceu incomodado.

Quando o deixaram com o rosto descoberto, brincou com sinais típicos dos ciclistas ao chegar à meta, levantando os braços como se tivesse ganhado uma etapa de uma volta importante.

No entanto, o mais gracioso foi quando desceu da bicicleta e acusou a dor causada pelo selim, algo lógico em um desportista que poucas vezes pratica ciclismo como parte de seus treinamentos.

Segundo uma fonte consultada pela Efe, Cielo perdeu cerca de 400 gramas de peso nos exames e deixou qualificações positivas em todas as medições físicas, algo lógico em um desportista de sua classe, que passa por um momento de excelente forma.

“Agora vou descansar para depois me preparar para os Jogos Olímpicos”, disse o campeão.

César Cielo impressiona por seu rendimento fora da piscina

Sem mais artigos