O mexicano Sergio Pérez (Sauber) se mostrou visivelmente abatido após o treino de classificação do GP de Mônaco neste sábado, no qual sequer marcou tempo após ter batido no muro, e revelou não ter grandes esperanças em conseguir uma corrida de recuperação.
Um problema no carro fez com que Pérez perdesse o controle e fosse de encontro ao muro na saída da chicane da piscina, ainda durante o Q1.
“Aconteceu no momento mais importante do fim de semana. Para esta corrida, a equipe mudou a parte dianteira e traseira do carro, mas é uma corrida muito complicada, já que largando em último em Mônaco há pouca coisa a se esperar”, declarou o piloto de 22 anos.
“Espero uma corrida muito louca no domingo, em que possa ganhar posições, porque se ocorrer uma corrida normal não haverá nada que possa fazer”, completou. 

Sem mais artigos