O Chelsea estreou neste sábado (14) o atacante Samuel Eto’o, uma de suas principais contratações para a temporada, mas não teve o que comemorar, já que perdeu para o Everton por 1 a 0 em Liverpool, no estádio Goodison Park, e desperdiçou uma boa chance de assumir a liderança do Campeonato Inglês.

Caso tivessem vencido, os Blues teriam chegado a dez pontos, um a mais que Arsenal, Tottenham e Liverpool, sendo que apenas este último poderia ultrapassá-los, na segunda-feira, quando visitará o Swansea no encerramento da quarta rodada.

O gol do Everton foi marcado pelo escocês Steven Naismith no primeiro tempo e fez com que o Chelsea sofresse sua primeira derrota na competição – o time treinado por José Mourinho venceu duas partidas e empatou uma, na última rodada, com o Manchester United (0 a 0).

Uma das atrações do duelo de hoje era a estreia de Eto’o às ordens de Mourinho, com quem já tinha trabalhado há três anos na Inter de Milão. O camaronês fez nesta semana vários elogios ao treinador, que o pôs como titular e deixou o espanhol Fernando Torres no banco.

Eto’o se mostrou ativo durante toda a partida, mas não conseguiu aproveitar as poucas oportunidades que teve para deixar sua marca.

Mourinho deixou o meia Oscar na reserva, mas o colocou em campo no segundo tempo, no lugar de Juan Mata. Outros brasileiros em campo pelos Blues foram David Luiz, que falhou na marcação no lance do gol, e Ramires, ambos titulares.

Também hoje, pelo Campeonato Inglês, o Tottenham venceu o Norwich por 2 a 0 em Londres com dois gols de Sigurdsson – um deles com assistência de Paulinho – e só não está na ponta da tabela por ter quatro gols pró a menos que o Arsenal no critério de desempate.

O Manchester United, por sua vez, fez 2 a 0 no recém-promovido Crystal Palace e conseguiu sua primeira vitória em casa nesta temporada. Os gols dos Diabos Vermelhos foram de Robin Van Persie, de pênalti, e Wayne Rooney. Os brasileiros Fábio e Anderson foram titulares.

O Manchester City, por outro lado, não saiu do 0 a 0 com o Stoke City em uma partida na qual Fernandinho, ex-Atlético-PR, ficou no banco.

Pela segunda divisão inglesa, o Queen’s Park Rangers venceu o Birmingham por 1 a 0 e não teve o goleiro Julio César sequer relacionado entre os reservas.

Sem mais artigos