Após experimentar o gosto do sucesso entre os titulares do Corinthians, o zagueiro Chicão nem é relacionado para os jogos pelo técnico Tite. Em processo de adaptação física após se recusar a ir para o banco de reservas, o defensor admitiu que dificilmente retornará ao time titular em 2011.

“Pelo o que conheço do Tite, dificilmente. Em algumas situações que fiquei fora por cartão ele me colocou de volta. Ele leva muito os critérios dele, de dar oportunidade. Hoje, dá a Paulo, Wallace e Castán. Mas vou trabalhar e esperar a oportunidade. Acho difícil voltar, hoje o Wallace é a primeira opção do banco. Então, dificilmente vou jogar. É um critério. Só se acontecer alguma lesão, o que torço para que não aconteça. São onze jogos, vou trabalhar. Não sei se voltarei esse ano ainda. Na cabeça dele, virei a quarta opção para a defesa”, afirmou, em entrevista ao site Lancenet!

O beque aproveitou e rebateu que as declarações de que ele teria desentendimentos com o grupo Alvinegro. Segundo ele, o elenco é muito unido.

“Falaram que eu briguei com Jorge Henrique, mas não provam isso. Acham que não falo com o Castán, mas quando saí do hotel ele foi o único a me perguntar porque eu estava indo embora. Nosso grupo é muito bom”, completou.

Chicão não acredita em titularidade esse ano

Sem mais artigos