As cidades de Florianópolis e João Pessoa se candidataram para receber uma das edições da Fan Fest, caso Recife, uma das 12 sedes da Copa do Mundo de 2014, desista de organizá-la, segundo anuncio oficial feito esta semana pela Fifa.

O diretor de Marketing da entidade, Thierry Weil, afirmou durante uma entrevista coletiva no seminário de logística para os treinadores das seleções do Mundial em Florianópolis, que ambas cidades só serão consideradas se Recife desistir “oficialmente” da realização da festa.

Recife alega que não tem recursos para fornecer os cerca de R$ 20 milhões que correspondem às administrações municipais na organização da festa. Por sua vez, Florianópolis e João Pessoa foram deixadas de fora das 12 sedes escolhidas para o Mundial.

“Nossa intenção é que as cidades sedes tenham essa oportunidade para que as pessoas que não consigam comprar as entradas vejam gratuitamente os jogos e sintam a sensação de estar em um estádio”, explicou Weil.

A Prefeitura de Recife anunciou no último dia 15 de fevereiro que não promoverá mais a Fan Fest, mas esclareceu que está “totalmente a favor” de sua realização.

A Fifa indicou que ajudará a “atrair” investidores, mas enfatizou que não assumirá os compromissos correspondentes à Prefeitura, que assinou um contrato e aceitou a realização do evento quando cada cidade foi aceita como sede.

Sem mais artigos