Ficou para quinta-feira (21), às 7h, a decisão sobre os próximos passos da carreira do maior nadador da história do Brasil, Cesar Cielo. O nadador teve que enfrentar cerca de seis horas de julgamento para tentar se livrar da suspensão por doping. A audiência ocorreu em Xangai, onde a delegação brasileira se prepara para a realização do Mundial.

Na saída do local, Cielo preferio se manter calado, mas aparentava estar confiante. “Foi tudo bem. Não posso falar”, resumiu Howard Jacobs, advogado de Cielo e especialista em casos de doping pelo mundo.

O brasileiro testou positivo para o diurético furosemida, substância capaz de mascarar a presença de outras substâncias proibidas. Além de Cielo, Henrique Barbosa, Nicholas Santos e Vinicius Waked também foram pegos no mesmo tipo de doping.

Se o CAS (Corte Arbitral do Esporte) mantiver a decisão da CBDA (Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos), Cesar Cielo receberá apenas uma advertência. Caso a decisão seja diferente, Cielo pode pegar até dois anos de suspensão e não competiria nos jogos olímpicos de 2012.

Cielo saberá amanhã se disputa ou não as Olimpíadas de Londres

Sem mais artigos