No país do futebol, é complicado ser um amante do tênis. Temos poucos torneios de ponta disputados em território nacional, o incentivo ao esporte é muito baixo e todos temos que conviver com a saudade dos tempos de Gustavo Kuerten. Por isso mesmo, quando temos um grande evento de tênis por aqui, ele se torna imperdível de qualquer forma.

O Brasil Open 2015 não será diferente: com 71 atletas, incluindo a fase de qualifying, o torneio contará com atletas bem ranqueados e os melhores jogadores brasileiros da atualidade. Dentre todos os atrativos desse grande torneio, listamos cinco motivos para te convencer (caso não tenha se convencido ainda) a prestigiar um dos maiores torneios de tênis do Brasil. Dá uma olhada:

Um dos únicos eventos ATP no Brasil

Associação de Tenistas Profissionais (ATP) é tipo a FIFA do tênis: ela que organiza os maiores torneios profissionais e classifica os jogadores. O Brasil Open faz parte do circuito da ATP, apesar de ser considerado um torneio menor: vale apenas 250 pontos no ranking. Apesar disso, é considerado um torneio importantíssimo. Guga venceu em duas ocasiões: 2002 e 2004, após a problemática cirurgia de quadril que acabou precocemente com a carreira do nosso maior tenista. Já no ano seguinte, em 2005, quem venceu foi um espanhol conhecido como…

Rafael Nadal surgiu em um Brasil Open

A ascensão de Rafael Nadal
O Rei do Saibro começou o seu reinado no piso lento aqui nas nossas terras. Com apenas 18 anos e na posição de número 48 do ranking da ATP, Rafael Nadal surpreendeu com sua velocidade, força na canhota e incrível poder de reação. Ele eliminou todos os favoritos ao título, incluindo o brasileiro Ricardo Mello de virada nas semifinais. O Brasil Open de 2005 foi apenas o segundo título na carreira de Nadal, mas a partir daí ele deixou de ser visto como uma promessa para começar a assumir o favoritismo que o acompanha até hoje.

O título de Nadal mostra que o Brasil Open pode ser um torneio em que jovens talentos podem ser observados de perto, e você pode ver a história do tênis sendo escrita diante dos seus olhos.

Chance de ver os melhores brasileiros em ação

Bruno Soares e Marcelo Melo: dois craques brasileiros que chegaram até o ATP Finals pela segunda vez consecutiva

Thomas Belucci, Feijão, Bruno Soares, Marcelo Melo… quem gosta de tênis sabe bem o que esses nomes representam para o tênis brasileiro. Thomas Belucci e João Souza (Feijão) são os dois melhores tenistas brasileiros que jogam no simples (individual). Thomas inclusive foi apontado como o possível sucessor de Guga, mas algumas lesões e a irregularidade do atleta fez com que ele não despontasse tanto assim, apesar de continuar sendo favorito nos torneios menores.

Já Bruno Soares e Marcelo Melo mereciam status de ídolos nacionais. Jogando pelas duplas, Marcelo Melo foi vice-campeão do ATP Finals em Londres, o maior torneio de tênis do mundo. Eles estão no top 5 de tenistas em duplas. Aliás, Bruno Soares é o brasileiro com mais títulos de Brasil Open.

Bruno Soares vem para conseguir o tetra

Bruno Soares1111

O mineirinho foi campeão do torneio em 2011, 2012 e 2013. Ele é o maior campeão brasileiro do torneio, que venceu com três duplas diferentes: o brasileiro Marcelo Melo, o americano Eric Butorac e sua atual dupla, o sérvio Alexandr Peya. Com o apoio da nossa torcida, ele tem tudo pra se sagrar tetracampeão do torneio. Se você sente falta de comemorar títulos no tênis, o Brasil Open é uma grande oportunidade de soltar a garganta, e você nem vai pagar tão caro assim.

Os ingressos estão relativamente baratos

Para assistir a uma partida do Brasil Open você não precisará economizar muito, apesar do tênis ser conhecido como um esporte “das elite”. No pacote para assistir todos os dias do torneio, o ingresso sai por 25 reais por dia. No plano mais caro de todos, você gastará modestos 58 reais por dia. Tratando-se de um grande evento, o ingresso não está nada caro. Um ingresso de jogo de futebol não é muito mais barato do que isso, convenhamos. Sem contar que o Ginásio do Ibirapuera é um ótimo lugar para se assistir aos jogos, com boa visibilidade em 100% do estádio. Não será dinheiro jogado fora, eu garanto.

Sem mais artigos