O jogo entre Corinthians e Chelsea superou o duelo entre Santos e Barcelona também na audiência. De acordo com o Ibope, o título corintiano marcou 43 pontos no Ibope, ou seja, doze a mais que a batalha entre Messi e Neymar.

Desses 43 pontos, 31, os mesmos do ano anterior, vieram da Globo e outros 12 da Band. O número da emissora do Morumbi foi o responsável pelo aumento na audiência. Isso porque, em 2011, o canal paulista não exibiu o Mundial.

Esse número também registra uma audiência superior a da final da Libertadores, entre Corinthians e Boca. Com exclusividade da Globo, o torneio sul-americano teve 42 pontos no Ibope.

No horário, tanto Globo como Band apresentaram uma grande diferença para as emissoras rivais. Record, terceira colocada, marcou apenas dois pontos. Enquanto isso, o SBT teve um ponto registrado.

A marca também foi expressiva em relação a quantidade de pessoas assistindo a partida. Em 2012, tivemos 84% dos televisores ligados sintonizados na Band ou na Globo, 23% na primeira e 61% na segunda. No ano passado, apenas com a emissora carioca no comando da transmissão, essa marca foi de 77%.

Em comparação com a Libertadores deste ano, a Globo também teve um aumento no share. Na ocasião, o canal teve 65,5% de participação.

No estádio, a presença de corintianos também foi maior que a de santista. A final de 2012 teve 68.265 torcedores contra 68.166 em 2011.

Cada ponto registrado pelo Ibope é equivalente a 58.300 domicílios sintonizados. Os dados computados são apenas da região da Grande São Paulo, região de referência ao mercado publicitário.

Sem mais artigos