O etíope Tariko Bekele, com uma superioridade impressionante, foi o grande vencedor da edição 2011 da Corrida de São Silvestre.

Com uma participação soberba, ele disparou na frente antes mesmo da metade da corrida e se deu ao luxo de terminar a prova em “ritmo de treino”, sem sustos e abrindo mão, inclusive, de quebrar o recorde estabelecido em 1995 por Paul Tergat. 

A marca da prova foi a forte chuva, um verdadeiro dilúvio que caiu sobre São Paulo e atrapalhou muito os atletas. O vencedor Bekele não teve dificuldades, pelo contrário, aproveitou a chuva para avançar com força e conquistar a prova pela primeira vez.

Os brasileiros, por sua vez, não foram bem, tendo como melhores representantes o corredor Damião Ancelmo de Souza, sétimo e o favorito Marílson Gomes do Santos, a seguir. “A chuva forte atrapalhou muito, mas fizemos o melhor que pudemos”, afirmou Damião à TV Gazeta.

Apesar do domínio, o vencedor fez uma revelação até surpreendente: “não estou na minha melhor forma, por isso não esperava esse resultado. Foi a minha primeira corrida no Brasil e estou muito feliz por tê-la vencido”, afirmou o vencedor Tariko Bekele.

Sem mais artigos