O técnico da seleção brasileira, Mano Menezes, compareceu neste sábado ao estádio de San Siro e viu dois de seus jogadores de confiança, os atacantes Alexandre Pato e Robinho, garantirem a vitória do Milan por 3 a 1 sobre o Chievo, pela sétima rodada do Campeonato Italiano.

Com o triunfo, a equipe ‘rossonera’ chegou aos 14 pontos e assumiu provisoriamente a liderança da tabela. A Lazio, segunda colocada, tem um ponto a menos e entrará em campo amanhã para enfrentar o Bari, fora de casa. O Chievo, por sua vez, ocupa a quinta posição, com dez pontos.

Apesar da goleada, nem tudo o que Mano viu foi de seu agrado. Outro atleta que vem sendo convocado, o zagueiro Thiago Silva, prendeu o pé, torceu o tornozelo e precisará ser reavaliado para que se saiba o tempo de recuperação.

Com a bola rolando, Pato abriu o placar aos 18 minutos do primeiro tempo. O centroavante da seleção recebeu ótimo passe de Ibrahimovic nas costas da zaga e completou de primeira.

Pouco tempo depois, aos 29, os protagonistas do primeiro gol entraram em ação novamente e conseguiram o segundo. Ibra cobrou falta rapidamente e encontrou o ex-jogador do Internacional, que limpou a marcação e finalizou.

O Chievo voltou do intervalo disposto a pressionar e obteve retorno aos 25 minutos. Após cobrança de escanteio, Ibrahimovic disputou no alto com o zagueiro esloveno Cesar e acabou marcando gol contra.

Os visitantes continuaram em cima, mas sofreram o terceiro aos 48, quando Robinho, que havia substituído Pato, recebeu de Ronaldinho Gaúcho, driblou o goleiro e chutou para o gol vazio.

Sem mais artigos