Nesta quarta-feira (06) começam as finais da Taça Libertadores da América. Nacional, do Paraguai, e San Lorenzo, da Argentina, fazem uma decisão inesperada, pela quase inexistente tradição internacional das duas agremiações. Os paraguaios, por exemplo, nunca tinha passado da primeira fase do maior torneio de clubes do continente. Já o lado argentino tinha chegado, no máximo, às semifinais da Liberta em três oportunidades.

Além de termos um campeão inédito nesta temporada, será a primeira vez que as duas piores campanhas de primeira fase chegam à final neste formato de disputa da Libertadores, que o adotou em 2005. Ambos os times foram segundo colocados em seus grupos, com oito pontos de 18 possíveis.

Esta final também imprime uma marca ruim para o futebol pentacampeão, já que é a primeira vez em 10 anos que pelo menos uma das equipes brasileiras está decidindo o título. Das últimas 21 finais, tal fato só aconteceu em duas oportunidades (em 2000 e em 2004).

É sempre legal uma final “diferente” no futebol. Se algumas vezes uma taça acaba não criando tradição para a equipe ali vencedora, o fato inevitavelmente fica marcado para a história da competição. Desta forma, o Virgula Esporte  reúne abaixo as finais mais inesperadas do futebol. Destacamos os maiores torneios, mas lembramos outros jogos decisivos que foram mais marcantes no passado recente.

Veja abaixo (em negrito estão destacados os campeões):

1979/1978 – Nottingham Forest (ING) x Malmö (SUE) – Liga dos Campeões da Uefa

1985 – Coritiba x Bangu – Campeonato Brasileiro

1985 – Argentinos Juniors x Nacional de Medellín (COL) – Taça Libertadores

1985/1986 – Barcelona (ESP) x Steaua Bucareste (ROM) – Liga dos Campeões da Uefa

1986 – Inter de Limeira x Palmeiras – Campeonato Paulista

1988 – Bahia x Internacional – Campeonato Brasileiro

1990 – Bragantino x Novorizontino – Campeonato Paulista

1990/1991 – Estrela Vermelha (IUG) x Olympique de Marselha (FRA) – Liga dos Campeões da Uefa

1999 – Botafogo x Juventude – Copa do Brasil

2001 – Atlético-PR x São Caetano – Campeonato Brasileiro

2002 – Ituano x União São João – Campeonato Paulista

2002 – Olimpia (PAR) x São Caetano (BRA) – Taça Libertadores

2002/2003 Mallorca x Recreativo Huelva – Copa do Rei da Espanha

2003 – Cienciano (PER) x River Plate – Copa Sul-Americana

2003/2004 – Porto (POR) x Monaco (FRA) – Liga dos Campeões da Uefa

2004 – Boca Juniors (ARG) x Once Caldas (COL) – Taça Libertadores

2004 – Porto (POR) x Once Caldas (COL) – Mundial Interclubes

2004 – Santo André x Flamengo – Copa do Brasil

2004 – São Caetano x Paulista – Campeonato Paulista

2005 – Volta Redonda x Americano – Taça Guanabara

2005 – Paulista x Fluminense – Copa do Brasil

2005/2006 – Sevilla (ESP) x Zenit (RUS) – Copa da Uefa (atual Liga Europa)

2006 – Americano x Madureira – Taça Rio

2007 – Pachuca (MEX) x Colo-Colo (CHL) – Copa Sul-Americana

2007/2008 – Portsmouth x Cardiff City – Copa da Inglaterra

2008 – LDU Quito (EQU) x Fluminense (BRA) – Taça Libertadores

2014 – Londrina x Maringá – Campeonato Paranaense

 

 

Sem mais artigos