Inspirado na personalidade de atletas como Jason Collins, Tom Daley, Michael Sam e Robbie Rogers, que nos últimos anos revelaram ser gays e seguem a luta contra preconceito ao homossexual, o Youtube reuniu astros de diversas modalidades esportivas e lançou nesta terça-feira (03) uma campanha internacional contra a homofobia chamada ProudToPlay (Jogue com orgulho).

Com estrelas como Neymar, Paulo Henrique Ganso, Marta e Kobe Bryant, a campanha foca incentivar os usuários do YouTube a participarem de conversas por upload de vídeos sobre questões esportivas LGBT, que serão destacadas pelo canal Spotlight Youtube ao longo do próximo mês.

O assunto ganhou notoriedade internacional com a revelação de Michael Sam, que fez história ao ser primeiro gay assumido a ser escolhido no draft da NFL (clique aqui e relembre o caso). Pouco tempo depois, Jason Collins se tornou o primeiro atleta assumidamente gay a atuar em uma partida da NBA (veja mais detalhes aqui). A quebra dessas barreiras no esporte fez com que outros esportistas fizessem o mesmo.

Gerente de Marketing do YouTube, Raymond Braun enfatizou a importância do esporte para popularizar a campanha e conscientizar as pessoas. “O esporte reúne pessoas de todo o tipo  e experiências através de uma paixão compartilhada, e as ações do YouTube tem como objetivo conectar diversas comunidades para fazer a diferença”, disse.

Pegando gancho desde os Jogos Olímpicos de Sochi até a Copa do Mundo no Brasil, o vídeo ainda apresenta declarações do falecido líder sul-africano Nelson Mandela e do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

No fim, alguns jogadores de futebol brasileiros aparecem reunidos e mandando um recado contra o preconceito, pedindo para que todos joguem com orgulho.

Assista no vídeo abaixo a campanha #ProudToPlay 

<a href=”http://mais.uol.com.br/view/15060456″>Neymar e Ganso participam de campanha contra o preconceito no esporte</a>

Sem mais artigos