O técnico da seleção da Holanda, Louis Van Gaal, anunciou nessa terça-feira (13) a lista dos 30 pré-convocados para a Copa do Mundo, na qual estão incluídas as estrelas internacionais Arjen Robben, Wesley Sneijder e Robin Van Persie.

Os três jogadores, assim como o volante Nigel de Jong e o meia Rafael van der Vaart, são os convocados que foram titulares na final do Mundial de 2010, quando a Holanda perdeu para a Espanha por 1 a 0 na prorrogação.

Alguns jogadores que também estiveram em campo nessa decisão, como o goleiro Maarten Stekelenburg, os zagueiros John Heitinga e Joris Mathijsen, além do lateral-direito Gregory Van der Wiel, que está lesionado, não foram lembrados por Van Gaal.

O treinador terá até o dia 2 de junho para definir quem são os 23 que disputarão a Copa e os sete que terão uma chance caso alguém seja cortado.

A Holanda está no Grupo B, o da “morte”, ao lado de Espanha, Chile e Austrália. A partida de estreia será justamente a reedição da última final, no dia 13 de junho, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Os 30 jogadores pré-convocados para a seleção holandesa são:

Goleiros: Tim Krul (Newcastle/ING), Michael Vorm (Swansea City/ING), Jeroen Zoet (PSV Eindhoven/HOL) e Jasper Cillessen (Ajax/HOL).

Defensores: Joel Veltman (Ajax/HOL), Patrick van Aaanholt (Vitesse/HOL), Paul Verhaegh (Augsburg/ALE), Daley Blind (Ajax/HOL), Daryl Janmaat (Feyenoord/HOL), Ron Vlaar (Aston Villa/ING), Bruno Martins Indi (Feyenoord/HOL), Stefan de Vrij (Feyenoord/HOL), Karim Rekik (PSV Eindhoven/HOL) e Terence Kongolo (Feyenoord/HOL).

Meias: Wesley Sneijder (Galatasaray/TUR), Rafael van der Vaart (Hamburgo/ALE), Toni Vilhena (Feyenoord/HOL), Jordy Clasie (Feyenoord/HOL), Nigel de Jong (Milan/ITA), Memphis Depay (PSV Eindhoven/HOL), Quincy Promes (Twente/HOL), Leroy Fer (Norwich/ING), Jonathan De Guzman (Swansea City/ING) e Georginio Wijnaldum (PSV Eindhoven/HOL).

Atacantes: Robin van Persie (Manchester United/ING), Arjen Robben (Bayern de Munique/ALE), Klaas-Jan Huntelaar (Schalke 04/ALE), Dirk Kuyt (Fenerbahçe/ALE), Jean-Paul Boùtius (Feyenoord/HOL) e Jeremain Lens (Dínamo de Kiev/UCR).

Sem mais artigos