Há duas semanas do início de mais uma Copa do Mundo, a vigésima da história, o jornal The Guardian divulgou uma lista com os 100 jogadores mais importantes de todas as edições do torneio. Impressiona o fato de mais de uma quinta parte dos escolhidos seja de brasileiros, mas também, como não poderia deixar de ser, a ausência e a presença de alguns nomes também causa espanto.

São 22 brasileiros, sendo que Pelé lidera todos os 100 escolhidos. Entre jogadores que defenderam o time pentacampeão, são sentidas as faltas, por exemplo, de Taffarel, Gérson, Sócrates, Aldair e outros que você também deve lembrar.

Vale salientar também a posição em que alguns jogadores aparecem na matéria do The Guardian. Alguns, se tiveram muito destaque no futebol atuando por clubes, não mostraram o mesmo brio atuando por seus países. Um exemplo é o próprio Ronaldinho Gaúcho. Pentacampeão, mas ocupando posição de coadjuvante no time de 2002 com Ronaldo e Rivaldo, o hoje camisa 10 do Atlético-MG aparece na 23ª posição, à frente de ídolos consagrados dos Mundiais, como Cafu, Rudi Völler, Gianluigi Buffon, Tostão e Alessandro Del Piero, por exemplo.

Outro jogador que não merece comentários sobre seu desempenho nos gramados é Lionel Messi. Mas o argentino, quatro vezes eleito o Melhor Jogador do Mundo, não jogou bem as duas Copas em que defendeu sua Argentina, em 2006 e 2010, tendo feito apenas um gol e atuações decepcionantes.

Veja abaixo os 21 brasileiros que o The Guardian escolheu e, mais abaixo, todos os jogadores, na ordem.

1º Pelé
4º Ronaldo
9º Garrincha
13º Jairzinho
16º Romário
22º Zico
23º Ronaldinho
25º Cafu
27º Rivaldo
28º Zagallo
32º Rivellino
34º Carlos Alberto Torres
35º Roberto Carlos
48º Djalma Santos
49º Nilton Santos
52º Tostão
57º Vavá
75º Leônidas
79º Didi
85º Bellini
90º Bebeto
98º Leonardo

Todos os 100 jogadores lembrados pelo The Guardian:

1 Pelé – Brasil
2 Diego Maradona – Argentina
3 Franz Beckenbauer – Alemanha
4 Ronaldo – Brasil
5 Zinedine Zidane – França
6 Johan Cruyff – Holanda
7 Lothar Matthäus – Alemanha
8 Gerd Muller – Alemanha
9 Garrincha – Brasil
10 Michel Platini – França
11 Eusébio – Portugal
12 Paolo Maldini – Itália
13 Jairzinho – Brasil
14 Bobby Charlton – Inglaterra
15 Xavi Hernández – Espanha
16 Romário – Brasil
17 Just Fontaine – França
18 Paolo Rossi – Itália
19 Dino Zoff – Itália
20 Bobby Moore – Inglaterra
21 Ferenc Puskas – Hungria
22 Zico – Brasil
23 Ronaldinho – Brasil
24 Roberto Baggio – Itália
25 Cafu – Brasil
26 Fabio Cannavaro – Itália
27 Rivaldo – Brasil
28 Mario Zagallo – Brasil
29 Johan Neeskens – Holanda
30 Lev Yashin – União Soviética
31 Mario Kempes – Argentina
32 Rivellino – Brasil
33 Cristiano Ronaldo – Portugal
34 Carlos Alberto – Brasil
35 Roberto Carlos – Brasil
36 Roger Milla – Camarões
37 Paul Breitner – Alemanha
38 Lilian Thuram – França
39 Karl-Heinz Rummenigge – Alemanha
40 Giuseppe Meazza – Itália
41 Gordon Banks – Inglaterra
42 Oliver Kahn – Alemanha
43 Zbigniew Boniek – Polônia
44 Gianluigi Buffon – Itália
45 Daniel Passarella – Argentina
46 Franco Baresi – Itália
47 Gary Lineker – Inglaterra
48 Djalma Santos – Brasil
49 Nilton Santos – Brasil
50 Uwe Seeler – Alemanha
51 Lionel Messi – Argentina
52 Tostão – Brasil
53 Andreas Brehme – Alemanha
54 Geoff Hurst – Inglaterra
55 Sepp Maier – Alemanha
56 Hristo Stoichkov – Bulgária
57 Vavá – Brasil
58 Sandor Kocsis – Hungria
59 Luis Figo – Portugal
60 Marcel Desailly – França
61 Gheorge Hagi – Romênia
62 Giuseppe Bergomi – Itália
63 Fritz Walter – Alemanha
64 Carles Puyol – Espanha
65 Andrés Iniesta – Espanha
66 Paul Gascoigne – Inglaterra
67 Grzegorz Lato – Polônia
68 Obdulio Varela – Uruguai
69 Juan Schiaffino – Uruguai
70 Alcides Ghiggia – Uruguai
71 Helmut Rahn – Alemanha
72 Frank de Boer – Holanda
73 Ruud Krol – Holanda
74 Elias Figueroa – Chile
75 Leônidas – Brasil
76 Gheorghe Popescu – Romênia
77 Teófilo Cubillas – Peru
78 Jay-Jay Okocha – Nigéria
79 Didi – Brasil
80 Gianni Rivera – Itália
81 Sergio Batista – Argentina
82 Ilhor Belanov – União Soviética
83 Salvatore Schillaci – Itália
84 Wesley Sneijder – Holanda
85 Bellini – Brasil
86 Alessandro Del Piero – Itália
87 Luis Monti – Argentina/Itália
88 Thomas N’Kono – Camarões
89 Claudio Gentile – Itália
90 Bebeto – Brasil
91 Hector Chumpitaz – Peru
92 Dragan Stojkovic – Iugoslávia/Sérvia e Montenegro
93 Matthias Sindelar – Áustria
94 Rinat Dasayev – União Soviética
95 Philipp Lahm – Alemanha
96 Jürgen Klinsmann – Alemanha
97 Antonio Cabrini – Itália
98 Leonardo – Brasil
99 Giacinto Facchetti – Itália
100 Tomas Brolin – Suécia

Sem mais artigos