Em entrevista recente, o técnico da seleção da Itália, Cesare Prandelli, disse que gostaria de contar com o meia Francesco Totti, de 36 anos, ídolo da Roma, e que tem feito um campeonato italiano muito bom com o time, tendo inclusive alcançado a marca de segundo maior artilheiro de toda a história do torneio.

Fatos como estes abrem a discussão: há limite de idade para um atleta jogar em alto nível? Exemplos realmente são poucos, mas dos atletas citados nesta matéria, tem algum que você descartaria para o seu time?

Aqui no Brasil, por exemplo, temos os goleiros pentacampeões Rogério Ceni e Dida que chegaram em idades avançadas – pensando-se no futebol moderno – mas que jogam por grandes clubes, como São Paulo e Grêmio, respectivamente.

Outros exemplos, como Rivaldo, podem não estar em um time de elite, mas este ainda é a principal figura do São Caetano com 40 anos. O holandês Clarence Seedorf, próximo de completar 37, é a maior estrela do Botafogo.

E a lista vai adiante e há outros jogadores que, mesmo com a idade avançada, são peças importantes de grandes times, como Gianluigi Buffon e Andrea Pirlo, ambos titulares da boa Juventus e da já citada Azzurra. Miroslav Klose, o segundo maior artilheiro das copas do mundo, ainda é presença constante na sempre poderosa Alemanha. O atacante, hoje na Lazio, deverá vir ao Brasil tentar quebrar o recorde de Ronaldo, que tem 15 gols, um a mais que o alemão.

Então, reunimos uma galeria com 15 jogadores que poderiam ser vistos como “com a idade avançada”, mas que ainda batem um bolão.

Veja mais na galeria acima!

Sem mais artigos