A seleção italiana aproveitou o amistoso nesta quarta-feira (3) contra Camarões para testar alguns jogadores que não costumam ser chamados mas poderão ir à Copa do Mundo, e embora o empate sem gols possa ter desagradado aos torcedores, foi considerado “útil” pelo técnico Marcello Lippi.

A partida foi realizada no estádio Louis II, em Mônaco, e teve poucas oportunidades de gol para as duas equipes.

Os Leões Indomáveis contaram com a presença do atacante Samuel Eto’o, da Inter de Milão, mas muitos de seus jogadores em campo também não são titulares habituais.

Pela Azzurra, Lippi apostou no lateral Leonardo Bonucci, do Bari, e no meia Andrea Cossu, do Cagliari, entre outros nomes pouco conhecidos dos torcedores brasileiros, e não se mostrou arrependido.

“Havia muitos jogadores jovens que chamei pela primeira vez, e Bonucci e Cossu fizeram uma boa partida”, disse o treinador.

Lippi escalou a Itália em um esquema 3-4-3 na primeira etapa, e depois do intervalo adotou o 4-3-3, com a entrada de Gennaro Gattuso, Riccardo Montolivo, Domenico Criscito e Giampaolo Pazzini, mas o placar não saiu do zero.

Sem mais artigos