Muito se especula sobre o futuro de Ronaldinho Gaúcho. Quando o assunto é Copa do Mundo, todos querem ver o craque do Milan vestindo a camisa  amarela da seleção novamente. Menos uma pessoa. O principal brasileiro, que seleciona os atletas que jogarão o Mundial, não parece estar muito convencido do futebol do jogador.

Dunga parece irredutível e não deve levar mesmo Ronaldinho Gaúcho. Essa opinião é a mesma de Mauro Silva, companheiro de meio-campo do atual técnico da seleção brasileira na Copa de 1994.

“Me colocando no lugar do Dunga, eu acho que ele não vai levar o Ronaldinho e nem o Neymar, pois esse é uma incógnita na seleção. Sei que o torcedor vê mais com a paixão e coração do que com o cérebro. Mas, sendo racional, o técnico que convoca procura ser racional, pois sabe que é quem tomará pedrada”, disse Mauro Silva em entrevista exclusiva ao Copa Virgula.

Mauro Silva também vê o time que disputará o Mundial na África do Sul muito semelhante com o time de 1994. “Por Dunga estar na nossa equipe aquele ano, vejo os times muito iguais, além da influência de Parreira no seu trabalho. Essa seleção é organizada, bem disciplinada taticamente, apesar de não dar show. O objetivo sempre é vencer, dar show não é importante se você não for campeão”, afirma o ex-volante.

Apesar da ausência de futebol, Mauro Silva não descarta o Brasil entre as favoritas. “Para mim, a principio, você parte de Brasil e Espanha, mas não me esqueceria da Inglaterra, Alemanha, Itália e Argentina. O título não deve sair dessas, mas vejo brasileiros e espanhóis mais fortes”, completou.

Sem mais artigos