Indiana Pacers v Golden State Warriors

David Harrison, no tempo em que defendia o Indiana Pacers

Dá pra imaginar um grande jogador da NBA encerrando sua carreira trabalhando na mais famosa rede de fast food do mundo? Foi exatamente o que aconteceu com David Harrison. Considerado um dos jogadores mais promissores da Universidade do Colorado no início dos anos 2000, o ex-central teve uma história profissional bastante conturbada no basquete, indo do sucesso no Indiana Pacers até a desconhecida liga chinesa, terminando sua trajetória no esporte de forma melancólica, afundado nas drogas e nas dívidas, e tendo que ganhar a vida atrás de um balcão do McDonald’s.

Aposentado desde 2012, aos 30 anos de idade, após uma breve passagem pela Liga de Desenvolvimento da NBA, Harrison, que chegou a ganhar cerca de 4,4 milhões de dólares por temporada, concedeu uma entrevista ao site americano Yahoo Sports e contou como sua carreira declinou e o que o fez ‘trocar’ as quadras de basquete por um emprego no McDonald’s.

Após três boas temporadas pelos Pacers, Harrison viu seu rendimento cair na temporada 2006/2007, com a chegada do técnico Jim O’Brien, substituindo o demitido Rick Carlisle. Deixado de lado pelo novo treinador, o ex-jogador contou que passou a fumar maconha diariamente, inclusive após os treinos. O momento ruim fez com ele fosse jogar na China, passando por Beijing Ducks, Guangdong Southern Tigers e Tianjin Ronggang.

Já aposentado, depois da aventura asiática, o craque foi levar seu filho para comer em uma das franquias da rede de fast food e, quando foi realizar o pagamento, seu cartão de crédito não foi autorizado. Desesperado e sem saber o que fazer, Harrison foi conversar com o gerente do lugar, que o reconheceu na hora e, ao invés de cobrá-lo- lhe ofereceu um emprego, aceito por ele de imediato.

“Eu já não tinha mais nenhum tipo de renda. Tinha perdido quase tudo. Tenho realmente uma família muito grande e precisava cuidar dela, mesmo que eu não estivesse jogando na NBA. Eu precisava de dinheiro”, contou David Harrison, sem recuar ao explicar o porquê da ‘troca’ da NBA pelo Mc.

A ideia de trabalhar no fast food, de início, parecia algo positivo para resolver situações emergenciais. Sua fama conquistada na NBA, contudo, complicou sua vida no restaurante. Reconhecido pelos torcedores, David causava alguns tumultos no local, o que acabou gerando o seu desligamento. Longe das quadras, o ex-atleta realiza atualmente alguns trabalhos temporários, mas ainda alimenta a esperança de atuar novamente como profissional.

Sem mais artigos