Marcos César Dias Castro, ou simplesmente Marcos Paquetá. Com passagens pelas categorias de base da seleção brasileira, o treinador vive o momento mais difícil de sua carreira.

À frente da seleção da Líbia, o técnico tem sofrido constantemente com a insegurança do país devido a revolta popular contra o ditador Muammar Kadhafi, mas como nós do Portal Virgula não gostamos de dar notícias tristes, vamos exaltar a carreira desse treinador que já comandou grandes craques brasileiros.

Sua principal conquista no futebol nacional foi o Mundial Sub-20 em 2003, quando o treinador comandou jogadores como Nilmar, Daniel Alves, Dudu Cearense, Dagoberto, Kleber, entre outros.

No mesmo ano, o treinador também faturou o título do Mundial Sub-17 em um time que contava com o volante Arouca.

Flamengo e Fluminense foram outros dois clubes onde Paquetá trabalhou no Brasil, mas em ambos, o técnico trabalhou apenas nas categorias de base. O Avaí, em 2004, foi o único trabalho com profissionais.

Entre 2005 e 2007, Paquetá esteve à frente da seleção da Arábia Saudita. No mundo árabe, inclusive, o técnico conseguiu seus únicos títulos com clubes.

Pelo Al-Gharafa, do Catar, ele venceu a Liga do Qatar, a Copa Emir e a Copa Jassem. Já no Al-Hilal, do mesmo país, os títulos foram da Copa do Rei, Copa do Vice Rei, Liga da Arábia Saudita e Prince Faissel Cup.

Sem mais artigos