A Conmebol se manifestou publicamente na madrugada desta sexta-feira (22) sobre a morte de um jovem boliviano de 14 anos, atingido por um sinalizador disparado durante o empate entre San José e Corinthians por 1 a 1, na noite da última quarta-feira (20), em Oruro, na Bolívia, e confirmou, em medida cautelar, que o time brasileiro terá que disputar suas partidas da Libertadores deste ano sem a presença de torcedores.

Através de um comunicado oficial, a entidade máxima do futebol sul-americano ressaltou que a decisão final deverá ocorrer em até 60 dias e que o Corinthians terá que apresentar sua defesa ainda esta semana.

“As partidas do Corinthians como mandante serão disputadas de portões fechados. Nos jogos que o clube disputará como visitante, seus torcedores não terão acesso a ingressos”, disse o porta-voz da Conmebol, Nestor Benítez, no texto do comunicado.

Veja abaixo uma cópia do comunicado oficial divulgado pela Conmebol: 

 

Sem mais artigos